Rock psicodélico para fugir do caos: Ouça debut do UmQuarto – FamososBR


Rock psicodélico para fugir do caos: Ouça debut do UmQuarto


Uma casa às margens da Lagoa da Conceição, em Florianópolis (SC), cercada de natureza e com acesso apenas por barco. Esse foi o cenário que fez nascer o disco “Apenas”, trabalho de estreia do UmQuarto, power trio de rock psicodélico. O álbum lançado de forma independente conta com 10 faixas autorais, indo da agitação à calmaria, passando por todos os humores que sentimos no período entre 2020 e 2021. A banda define que o lançamento é uma realização de um esforço conjunto em não deixar a música morrer nos tempos em que vivemos. E não tem como negar.

 

“É um trabalho com começo, meio e fim. Os singles nos dão certa liberdade criativa, no que diz respeito a experimentar novos estilos, novos arranjos. Mas um disco completo é importante para manter tudo muito equilibrado e coeso. Foi um desafio produzir e criar arranjos para essas músicas durante nosso isolamento e distanciamento social. Depois, juntar a banda, produtor e engenheiro de som, e uma fotógrafa, numa casa isolada na beira da Lagoa da Conceição, e conseguir passar para a ‘fita’ toda essa idealização, foi incrivelmente maravilhoso.”, define Mayer Soares, baixista e vocalista.

Reunir-se com a equipe de produção durante a gestação de “Apenas” é um dos diferenciais do trabalho, que transborda natureza e calmaria. 

 “O álbum mostra o porquê do UmQuarto e une todos os pontos entre os dois últimos singles lançados que estão no disco,  Acordar e O Mar de Madalena, e que são bem diferentes em arranjos e sonoridades. Conseguimos atingir um nível de consistência dentro da bagagem sonora que cada membro traz para a banda. O tempo de gravação foi super apertado, a gente terminava uma música e já começava a gravar a próxima. O disco tem pouquíssimas edições, todas as nuances e oscilações de instrumentos tocados por humanos foram preservadas intencionalmente. Todas as sessões dos takes principais foram gravadas com instrumentos acústicos e equipamentos valvulados para dar uma cara ainda mais natural e orgânica para o disco.”, relata Henrique Recidive, baterista.

As bagagens musicais de cada integrante, que vão do jazz ao hard rock psicodélico, incluindo também blues e experimental, estão impressas nas canções de “Apenas”. De acordo com Thiago Mordentte, o fato da banda ficar isolada por uma semana dentro de uma casa de pedras do século XIX tombada pelo Patrimônio Histórico de SC teve um peso psicológico e musical:

“A magia do local foi incorporada literalmente. Foi um grande desafio concluir todo o processo de gravação, os produtores vieram de SP com todo o equipamento necessário para captação de áudio, foi preciso alugar um barco para transportar todo o equipamento dos produtores e da banda até a casa que fica às margens da linda Lagoa, trabalhamos duro das 9h da manhã até as 23h durante todos os dias. Inicialmente nossa intenção era ir para um estúdio, mas veio a pandemia e encaramos o desafio de produzir algo totalmente diferente do normal e as imagens de bastidores deram origem ao videoclipe da música “Acordar”. Nunca ficamos tanto tempo juntos e automaticamente descobrimos que nossa convivência foi muito produtiva, cada um deu o seu melhor para esse grande passo. Hoje, entendo que somos uma família feliz!”, avalia o guitarrista do UmQuarto.

Com o lançamento do álbum, a banda caminha para um novo momento da carreira e se prepara para o início da turnê de divulgação, prevista para o próximo ano. O disco “Apenas”, é só o começo de uma longa história na música.

A capa do álbum é de autoria de Manu d’Eça, retrata um amplificador posto próximo a uma janela do casarão onde a banda gravou o trabalho, com a Lagoa da Conceição ao fundo. Música e natureza, assim pode ser resumido os dias que se tornaram o trabalho de estreia do UmQuarto.

Com influências musicais que vão desde os clássicos, como Beatles e Mutantes, até bandas mais modernas, como Tame Impala e Boogarins, o UmQuarto faz um rock moderno com liberdade. A cada canção misturas rítmicas diferenciadas aparecem, tornando explícita a vontade de criar. O UmQuarto é formado por Mayer Soares (baixo e voz), Thiago Mordentte (guitarras) e Henrique Recidive (bateria).

O álbum “Apenas” conta com produção de Felippe Pompeo, com captação por Lab de Sá. A mixagem é de Lucas de Sá, com masterização de Alécio Costa. Participaram também os músicos Chico Badalotti (guitarra), Léo Costa (piano, órgão) e Lari Machado (piano). O lançamento conta com produção executiva de Dalsasso Produtora.

Ouça “Apenas”: https://tratore.ffm.to/umquarto-apenas

Acompanhe o UmQuarto

Site:  www.umquarto.mus.br

Instagram: https://www.instagram.com/umquarto.oficial/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCHJ60TnOjsxDo4yhM6DIKFw